Você sabe quais são as intervenções precoces no autismo?

Os modelos de intervenção e de terapias aplicadas às pessoas com Autismo com comprovação científica de eficácia são baseados em metodologia comportamental.
Nos dias de hoje, o tratamento é orientado para a aprendizagem de novos comportamentos, seguindo o modelo baseado na teoria da aprendizagem, em que o comportamento da criança é visto como uma resposta às situações de estimulação externas. Mas, você sabe quais são os modelos de intervenção precoce?

• Intervenção em Linguagem
Colocar em pauta no dia a dia da criança a linguagem de forma que ela ouça e entenda o que está sendo passado. O educador deve oferecer brinquedos e atividades desejáveis à criança para motivar a comunicação.

• Intervenção em Comportamento Social
É normal que uma criança autista não tenha disposição de interagir socialmente, mas colocá-la perante a interação social e ensiná-la os comportamentos básicos é importante para a compreensão da criança sobre o lugar em que está.

• Intervenção comportamental
Neste caso, o terapeuta baseia-se no objetivo de encorajar a mudança comportamental. Estar atento, não apenas aos défices que a criança apresenta, mas, também, aquilo que ela é capaz de fazer com êxito e estimular o que o autista compreende e faz com prazer.

Vocês que são pais, educadores e profissionais da área e gostariam de se especializar, chegou a hora!  

Inscrições abertas para  a pós graduação Latu Sensu sobre intervenções precoces no autismo, acesse e se inscreva https://www.cbiofmiami.com/intervencao-autismo

Ligue agora (11) 3061-9589

R. João Moura, 661 - Pinheiros, São Paulo - SP, 05412-001

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 08h - 20h | Sab: 08h - 15h

x

Fique por dentro de todas as novidades em nosso canal do
Youtube

Inscreva-se agora!
x

Cadastre-se e receba o Livro de forma
TOTALMENTE GRATUITA!